20/02/2017 às 11h10min - Atualizada em 20/02/2017 às 11h10min

Dicas para um Carnaval seguro

Independente do local onde você vai passar o Carnaval, preste atenção em algumas dicas para que sua folia seja só diversão e alegria:

Divirta-se com responsabilidade!
Não se envolva em brigas ou tumultos, afinal, #Carnaval é para se divertir! Divirta-se muito, sempre com responsabilidade e respeito aos outros.

Se beber, não dirija!
Seja prudente e valorize a sua vida e a dos outros. Não dirija alcoolizado. Se beber, que tal optar por uma carona ou táxi?

Cuidado com as doenças sexualmente transmissíveis!
Use preservativo em todas as relações íntimas. Essa é a melhor forma de prevenir uma gravidez indesejada e evitar doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis, herpes genital e AIDS.

Beba bastante água!

Beber bastante água vai ajudar o corpo a se manter hidratado, evitando ressecamento e queimaduras na pele, insolação, mal estar, tonturas e ressaca. Além da água, também deve-se ingerir líquidos nutritivos e que reponham vitaminas e minerais no corpo, como sucos naturais, vitaminas, água de coco e bebidas isotônicas.

Cuidado com a exposição ao sol!

O excesso de sol causa desidratação e queimaduras na pele. Assim, deve-se evitar ficar exposto ao sol, principalmente entre 10h e 16h, e sempre usar óculos escuros, chapéus e protetor solar, que deve ser reaplicado a cada 2 horas.

Use roupas leves e sapatos confortáveis!

O ideal é usar um tênis confortável com meia, e massagear os dedos e os pés no fim da noite ou no início da manhã.

Cuidado com a combinação bebida e ribeirão!
A ingestão de álcool, mesmo em pequenas quantidades, diminui a coordenação motora e os reflexos, por isso tome muito cuidado nas cachoeiras e ribeirões.

Identifique as crianças!
Normalmente, quando as crianças se perdem, elas não sabem passar informações para ajudar a encontrar os responsáveis. Por isso, é recomendável que as crianças tenham uma identificação, como pulseiras ou etiquetas pregadas na roupa com o nome, endereço e telefone dos pais. 

É interessante mostrar para os pequenos referências fixas de onde estão instalados, como uma placa, uma barraca ou um prédio diferenciado. Além disso, é possível marcar um ponto de encontro com a criança caso ela se perca, pode ser um banheiro ou um bar, por exemplo. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »