16/03/2017 às 15h51min - Atualizada em 16/03/2017 às 15h51min

Pais, de alunos com dificuldade de aprendizagem, serão assistidos pelo CEPRAE-I

Os pais, que tem seus filhos matriculados na Rede Municipal de Educação e que apresentam dificuldades de aprendizagem escolar, contarão com serviço de apoio no Centro de Prevenção e Atendimento ao Educando de Itatiaia (Ceprae-I), órgão ligado à Secretaria Municipal de Educação, a partir de abril.

De acordo com coordenadora da unidade, Eliane Santos, os profissionais do Centro estarão se reunindo mensalmente com os pais dos estudantes com o objetivo de conscientizar sobre a importância da participação de todos no desenvolvimento escolar dos alunos.

 - Queremos contar com um envolvimento maior dos pais nesse  trabalho para que os resultados sejam cada vez mais positivos. Muitos são participativos, porém, ainda existem aqueles que não aceitam que os filhos tenham alguma dificuldade. A presença deles nessa fase de aprendizagem dos filhos é fundamental no trabalho de superação de qualquer problema - salientou a coordenadora.  

Inicialmente, as reuniões acontecerão uma vez por semana nos polos estudantis. Segundo Eliane, eles serão marcados nas escolas próximas as residências dos responsáveis, de forma a facilitar a participação de todos.

Atualmente 120 crianças são assistidas pelo CEPRAE - I . No espaço, os alunos que apresentam dificuldades cognitivas, motoras e comportamentais recebem  assistência que permitem o seu desenvolvimento escolar e a inclusão social. 

Para identificar esses alunos , O CEPRAE - I conta com a colaboração das escolas, mas antes dos estudantes serem encaminhados ao Centro, eles são assistidos pelo serviço de orientação pedagógica da unidade, que efetua uma avaliação geral do aluno, envolvendo inclusive os pais e responsáveis. Caso o problema não seja resolvido, o aluno é conduzido ao CEPRAE-I que faz uma avaliação do caso para depois encaminhar ao especialista indicado.

De acordo com dados do Centro, os principais atendimentos realizados se referem a dificuldades na aprendizagem, indisciplina, dificuldades de concentração e  condutas agressivas. Os alunos identificados com transtornos de desenvolvimento, pisquiátricos, síndromes diversas e deficiências mentais são atendidos pela Secretaria de Saúde. 

Além da assistência aos estudantes, a equipe técnica do CEPRAE-I também desenvolve palestras nas escolas.  A orientação e a reciclagem dos profissionais que atuam no Centro é outra ação realizada pela equipe e  acontece todas as quartas-feiras, na unidade.

Hoje o quadro de profissionais do CEPRAE -I é composto por nove psicólogos, cinco fonoaudiólogos, sete psicopedagogos, uma coordenadora, uma secretária e uma servente. 

Os atendimentos aos estudantes são realizados em horário oposto as aulas. Para desenvolver o tratamento, a unidade conta com equipamentos de apoio, que vão desde materiais didáticos até fantoches para estimular a dos alunos.

O CEPRAE - I funciona na Rua Isabel Vieira s/n, Centro e o atendimento é de segunda a sexta, das 8h as 17h. Mais informações pelo telefone (24) 33526599.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »