23/03/2017 às 16h39min - Atualizada em 23/03/2017 às 16h39min

Pacientes do CAPS participam de oficina especial de Páscoa

Foto: Davi Marques PMINo que depender dos usuários do CAPS - Centro de Atenção Psicossocial - a Páscoa esse ano terá um colorido mais especial. Desde o início do mês, os pacientes inseridos no programa de atendimento da unidade estão participando de uma oficina para a produção dos acessórios que serão utilizados para ornamentar a festa de Páscoa da unidade. A comemoração será dia 17 de abril, mas há cerca de um mês os trabalhos não param nas oficinas que acontecem todas as quintas-feiras.

 -Essa é uma data muito significativa, mas além de comemorá-la é muito gratificante ver o envolvimento e a dedicação de todos eles. Os trabalhos estão ficando muito bonitos e estamos vendo uma grande iniciativa por parte deles - explicou a coordenadora e psicóloga do CAPS, Alline Siqueira.

Fazendo uso de lápis coloridos, folhas e retalhos, aos poucos os usuários estão dando formas aos coelhinhos da páscoa que enfeitarão a festa. Segundo a coordenadora, atividades como essas são ferramentas importantes no tratamento dos pacientes do Centro.

 - Essas oficinas também são uma forma de reinserção social dos pacientes, porque além de estimular a criatividade de cada um, também faz com que se sintam mais unidos, úteis e integrados à sociedade, explicou lembrando que todos estão muitos ansiosos para o dia da festa.

O Centro atende semanalmente cerca de 70 usuários. Entre eles dependentes químicos de álcool, outras drogas e pacientes com transtornos mentais.  Para iniciar o tratamento na unidade o paciente passa por uma triagem e em seguida recebem o atendimento indicado, com consultas médicas, apoio psicológico e social.

Como extensão do tratamento o CAPS também oferece atendimentos individuais e em grupos. Atualmente o quadro técnico do Centro é composto por uma assistente social, uma enfermeira, duas psicólogas e dois médicos.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »