28/04/2017 às 15h53min - Atualizada em 28/04/2017 às 15h53min

Itatiaia se torna cidade referência na Dança

O mês de abril é marcado por várias datas importantes, dentre elas o Dia Internacional da Dança que é comemorado em 29 de abril. A festividade foi introduzida em 1982 pelo Comitê Internacional da Dança da UNESCO e a data comemora o nascimento de Jean-Georges Noverres o criador do balé moderno.

Itatiaia só tem a comemorar nessa data. Atualmente, a Casa da Cultura da cidade possui 32 turmas de dança e atende gratuitamente cerca de 450 alunos, a partir dos 3 anos de idade. A execução do projeto acontece com duas aulas semanais, de uma hora, com divisão de turma por faixa etária.

- Esse número mostra o sucesso que estão sendo as novas modalidades de dança no município. Só tem 2 meses que as aulas começaram e essas atividades não são apenas culturais e educativas, mas tem o intuito de preparar esses alunos para representar a cidade em festivais e festas – explica o Assessor Especial de Cultura, Rafael Fioratto.

Dançar tira as pessoas da ociosidade e a prática do movimento realizado através da dança, de forma adequada e bem orientada traz inúmeros benefícios no que se refere ao aumento da qualidade de vida e a auto-estima.

- Eu comecei a dançar com 6 anos e sempre fui tímido, então as aulas me auxiliaram na socialização com as outras crianças. Sempre dancei em projetos da prefeitura, me profissionalizei em 2014 e esse ano estou dando aulas na Casa da Cultura de Itatiaia. Para mim é muito gratificante trabalhar pela primeira vez na cidade que sempre me incentivou a dançar – relatou o professor e bailarino de Itatiaia, Thiago Salles.  

O que não falta em Itatiaia são talentos em diversas modalidades. Para a bailarina, professora e coreógrafa, Josi Souto, a dança trabalha disciplina, responsabilidade e dedicação.

- A dança me fez crescer e amadurecer. Comecei a dançar com 8 anos em um projeto da prefeitura, porém aos 18 anos tive que mudar de cidade, pois infelizmente não há um curso de graduação nessa área na região. Tive experiências muito boas e oportunidades que jamais imaginava, dentre elas a mais enriquecedora foi um trabalho com a Comissão de Frente da Mangueira. Com a escola de samba tive a chance de acompanhar e participar de todo o processo de com posição coreográfica, de figurinos e alegorias – contou a coreógrafa Josi Souto.

Ser uma grande bailarina habita o sonho de muitas crianças que dançam, embora seja uma atividade cara projetos como os da Prefeitura de Itatiaia democratizam e incluem no mundo todas as pessoas que desejam, mas muitas vezes não possuem condições financeiras para dançar.

- Aos 9 anos descobri que dançar era o que eu queria fazer pelo resto da minha vida, porém no final de 2016 larguei a dança para trabalhar e ajudar em casa, pois tinha feito 18 anos e vi que minha família estava com dificuldades para manter a casa. Não consegui ficar muito tempo longe, então descobri o Ritmos Grupo de Dança que tem ensaios no fim de semana na Casa da Cultura de Itatiaia. Assim consigo conciliar o trabalho com a dança e manter viva meu sonho de ensinar essa arte que me conquistou – expôs Thifany Guedes, de 18 anos, moradora da Vila Esperança.

Em Itatiaia, diversidade de ritmos é o que não falta. A Casa da Cultura oferece aulas de Jazz, Ballet, Danças Urbanas, Contemporâneo e Dança Mix. Há ainda atividades de Quadrilha e Dança Finlandesa que entraram para a grade de cursos de 2017 com o objetivo de fortalecer a cultura local.

As inscrições para aulas de dança na cidade podem ser feitas até maio na Casa da Cultura que fica Rua Antônio Gomes de Macedo, nº 331, no Centro. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, de 8h ao meio dia e das 13h30 às 17h. No ato da inscrição é necessário apresentar duas fotos ¾, cópia do comprovante de residência, cópia da certidão de nascimento ou identidade e atestado médico. No caso de menores de idade, os pais ou responsáveis devem levar uma cópia da identidade. Mais informações pelo telefone (24) 3352-2077.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »