12/07/2017 às 14h26min - Atualizada em 12/07/2017 às 14h26min

Casa da Cultura recebe visita de professora universitária do Canadá

A Prefeitura de Itatiaia, por meio da Assessoria Especial de Cultura, recebeu na tarde desta terça-feira (11) a visita da professora canadense de Serviço Social, Marilyn Oladimeji, e da empresária Maria da Conceição de Almeida, que retornou ao Brasil após 32 anos de moradia no Canadá.

O objetivo da visita foi estreitar laços e apresentar os trabalhos realizados na Casa da Cultura com foco em futuras parcerias e intercâmbios culturais.

Segundo Marilyn, que é doutora em Filosofia e leciona sobre ação política e terapia da arte na faculdade George Brown College, em Toronto, a diversidade de cursos oferecidos gratuitamente na Casa da Cultura deve ser motivo de alegria para a comunidade.

- Estou encantada com o espaço e a variedade de aulas que são oferecidas para a comunidade local de maneira gratuita. Aula de dança e violino, por exemplo, são muito caras e ao assistir um pouco da aula de Hip Hop percebi que os alunos daqui estão aprendendo o que há de melhor na área. Vejo esse local como um lugar que tira as crianças da rua, do tempo ocioso e que ainda dá a oportunidade de formação profissional. Estou no Brasil para estudar a cultura brasileira e participar de um Congresso – comentou Marilyn que utiliza diferentes tipos de arte no tratamento de trauma em mulheres e crianças.

Para o Assessor Especial de Cultura, Rafael Fioratto, a visita rendeu propostas interessantes para os jovens de Itatiaia.

- É importante estreitar laços com a entidade que elas representam não só pelas parcerias, mas também pela oportunidade de divulgarmos nosso trabalho fora do Brasil. Surgiram propostas interessantes como um intercâmbio cultural visando não só as apresentações, mas a troca de experiências entre os jovens que ficariam na casa dos nossos alunos, vivenciando o dia-a-dia de uma família da cidade. Iremos iniciar um diálogo para encontrar formas de viabilizar esse intercâmbio – destacou o Assessor.

Para Maria da Conceição de Almeida, enfermeira e conselheira com foco em saúde holística de mulheres e crianças sobreviventes de traumas, é bom voltar ao Brasil e ver que a cidade está investindo em cultura.

- Eu morei por 32 anos no Canadá e agora estou retornando para começar um projeto em Engenheiro Passos. Tenho família aqui em Itatiaia e minha prima comentou sobre o trabalho da Casa da Cultura conosco e claro que nos interessamos em conhecer. É ótimo ver que a cidade está investindo em cultura e assim beneficiando várias crianças, jovens e adultos. Adorei o espaço, vi crianças muito talentosas na aula de dança e com certeza manteremos contato com a Casa para parcerias futuras – contou Maria.
 

 
Por Luana Vieira

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »