17/10/2017 às 19h31min - Atualizada em 17/10/2017 às 19h31min

​Saneamento Básico: R$50 milhões foram protocolados na Funasa

Dez anos depois de publicada a Política Nacional de Saneamento Básico (lei nº 11.145), quase metade da população brasileira (49,74%) ainda deixa de receber atendimento total de esgoto e 16,7% não recebem água em casa. Pensando nisso, o secretário de Planejamento da Prefeitura de Itatiaia, Cesar Aires, esteve reunido hoje, dia 17, em Brasília, com o ministro da Saúde Ricardo Barros para reivindicar urgência no atendimento da solicitação do Prefeito Eduardo Guedes, o Dudu, sobre o Saneamento de Esgoto em Penedo e Centro de Itatiaia.

Na oportunidade, o Secretario de Planejamento explanou para a equipe do Ministério da Saúde a urgência de investimentos federais para sanear a cidade de Itatiaia como forma de diminuir índices de doenças associadas a falta de saneamento.

- Foram protocolados projetos na Funasa na ordem de mais de R$ 50mi para atender cerca de 80% da cidade Itatiaia beneficiando diretamente mais de 20 mil habitantes, fora as populações flutuantes que visitam o município. Milhares de famílias visitam a cidade usufruindo dos potenciais hidrológicos que banham Itatiaia – pontua o secretário.

Diversos estudos demonstram que os serviços de água tratada, coleta e tratamento dos esgotos levam à melhoria da qualidade de vida das pessoas, sobretudo na saúde infantil, com redução da mortalidade, melhorias na aprendizagem, expansão do turismo e preservação dos recursos hídricos, como afirma o Prefeito Eduardo Guedes, o Dudu:

- Desde janeiro deste ano, quando assumi a Prefeitura de Itatiaia, venho tratando a questão do saneamento como prioridade. É considerada uma obra invisível para o meio político, mas eu encaro como urgente e necessária para o nosso povo. Quem tem a ganhar com essa iniciativa é o povo – declara o prefeito Dudu.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »