14/11/2017 às 17h32min - Atualizada em 14/11/2017 às 17h32min

Alunos da Vila Flórida participam de atividades sobre o combate à dengue

Os cuidados simples que podem ajudar a prevenir o aparecimento dos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, chikungunya e zika vírus, serão tema da atividade que acontece no próximo dia 28 (terça-feira), na Escola Municipal Léa Duarte Jardim, na Vila Flórida.

A ação, organizada pela Unidade de Estratégia de Saúde da Família do bairro com a parceria da escola, tem como finalidade chamar a atenção dos estudantes para o trabalho de prevenção aos focos do mosquito em todo o bairro.

Durante os turnos da manhã e tarde, um vídeo lúdico sobre o combate ao mosquito será apresentado aos estudantes, que em seguida participarão de um bate-papo sobre o assunto. Na sequência os alunos participarão de uma atividade no pátio da escola onde terão a oportunidade de identificar os possíveis criadouros do mosquito.

 - Nesta ação, os alunos assistirão a um vídeo sobre o mosquito Aedes aegypti e os cuidados fundamentais que as pessoas precisam ter para prevenir os focos da dengue. Logo depois haverá uma bate-papo com os alunos para esclarecer as dúvidas sobre as informações que receberam, além de aprenderem a identificar os possíveis focos do mosquito, explicou  a coordenadora da ação e profissional de saúde do  Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NAIF), Paula Motta.

Ação contra a dengue

De acordo com a Vigilância Epidemiológica de janeiro a novembro de 2017 em todo o município houve 31 notificações, sendo desse total 5 descartadas, 26 aguardando resultado e nenhum caso confirmado. Porém, apesar de Itatiaia não ter apresentado números alarmantes de casos de dengue esse ano, a Vigilância Ambiental no município segue atenta o trabalho de prevenção em toda a cidade.

No último dia 25, agentes de combate a endemias e profissionais da Vigilância Ambiental estiveram no centro da cidade, na Rua Prefeito Assumpção, onde abordaram os moradores, solicitando a colaboração de todos para evitar a proliferação de focos do mosquito transmissor das doenças. Além de orientar os pedestres, durante toda a manhã os profissionais também realizaram a distribuição de hipoclorito de sódio e telas de proteção para caixas d’água. 

Por Matilde Basilio

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »