03/01/2018 às 17h46min - Atualizada em 03/01/2018 às 17h46min

Prefeitura realiza retirada de enxame de abelhas e orienta sobre a remoção dos insetos

A Prefeitura de Itatiaia, por meio da Secretaria de Habitação, Regularização Fundiária e Agricultura, realizou nesta quarta-feira (03) a retirada de um enxame de abelha que estava localizado numa goiabeira no caminho entre o Hospital e o Corpo de Bombeiros, no bairro Jardim Itatiaia. A ação foi realizada em parceria com a Defesa Civil que isolou a área para proteger a integridade física das pessoas que passavam pelo local e corriam o risco de sofrer ataque durante a retirada do inseto.

Com a chegada do calor, as abelhas rainhas começam um novo ciclo de reprodução, por isso é comum o aparecimento de enxames nesta época, porém a remoção deve ser feita por um profissional treinado e com equipamentos de segurança.

O trabalho, realizado por um apicultor, consiste na transferência da ‘rainha’ para uma caixa que é preparada para receber toda a colméia, logo as demais abelhas seguem naturalmente para o mesmo lugar que a ‘rainha’. Após a retirada, a colmeia é levada para outra área onde deixe de representar risco para a população.

- É importante que a população não tente agir por conta própria nessas situações, mas busque proteger os animais domésticos, fechar a casa, avisar os vizinhos e procurar a ajuda de um apicultor profissional. Se o enxame estiver em vias e prédios públicos aí a orientação é entrar em contato com a Secretaria de Agricultura. A pessoa não deve jamais utilizar atear fogo na colméia, nem colocar produtos tóxicos como veneno e querosene no local. Matar abelhas é crime ambiental, então elas devem apenas ser capturadas, afinal elas são importantes porque muitos dos alimentos que consumimos dependem da polinização das abelhas – explica Olavo Francisco, apicultor da Prefeitura.

Segundo os dados da Defesa Civil, 23 chamadas foram atendidas pelo órgão em 2017 e fatores como condições climáticas e horário devem ser considerados na avaliação técnica antes da retirada do enxame.

Cuidados para evitar picadas de abelhas
As pessoas que estiverem próximas a colmeias devem evitar movimentos bruscos, gritos e uso de equipamentos que causem muito barulho ou ruídos agudos. As crianças devem ser orientadas a não brincarem próximas a enxames, tampouco tentar atacá-los.

- Quando você mata uma abelha sobre a sua pele, ela exala um sinal de alerta à comunidade, que vem em sua defesa e ataca quem estiver na frente. Se a pessoa for alérgica, uma picada pode ser fatal. Também deve ser evitado o uso de roupa preta, perfume doce, luz e objetos brilhantes, porque chamam a atenção das abelhas – orienta o apicultor.

Pessoas alérgicas, ou que foram picadas, devem procurar a unidade de saúde mais próxima para atendimento médico adequado. No caso de acidentes com animais de estimação, o dono deve procurar os serviços veterinários.

A quem recorrer?
De acordo com a Secretaria de Habitação, Regularização Fundiária e Agricultura, os moradores que se sentirem ameaçados pela presença dos insetos em prédios e locais públicos devem entrar em contato com a secretaria pelo telefone 3352-1439. Nas residências o proprietário é responsável por providenciar a retirada de enxame de abelhas.


 
Por Luana Vieira

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »