17/01/2018 às 17h40min - Atualizada em 17/01/2018 às 17h40min

Sala do Empreendedor, em parceria com o SEBRAE, capacitou mais de120 Microempreendedores

 A equipe da Sala do Empreendedor tem buscado não só fornecer orientações aos microempreendores individuais do município sobre a importância de estarem legalizados e em dia com as suas obrigações, como também viabilizar cursos e capacitações importantes.

Através de uma parceria com o SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, a Sala do Empreendedor, ligada a Secretaria de Desenvolvimento Econômico possibilitou em 2017 a qualificação e formação profissional, sem custos, de mais de 120 microempreendedores nas oficinas e workshops oferecidos no decorrer do ano.

Dentre as oportunidades oferecidas está a oficina ‘SEI Controlar o Meu Dinheiro’, que ensinou técnicas para aprimorar a gestão financeira do caixa e das contas, por meio de técnicas e estratégias de gerenciamento do negócio, fluxo de caixa adequado e controle das contas a pagar e a receber.

Outra oficina oferecida aos microempreendedores foi a ‘SEI Formar Meu Preço’, onde os participantes aprenderam técnicas para calcular gastos, margem de lucro e o ponto de equilíbrio operacional para a formação um preço adequado ao produto ou serviço.

Dando continuidade ao trabalho, os microempreendedores interessados em saber mais sobre compra e venda puderam participar ainda da oficina “SEI Comprar”, que por meio de conceitos e práticas desenvolveu nos participantes a capacidade de administração e planejamento das compras de suas empresas

 - Além do atendimento normal que prestamos aos microempreendedores, muito deles nos procuram para saber informações sobre capacitações, e as oficinas  foram uma forma  do SEBRAE e da Sala do Empreendedor contribuir com o desenvolvimento do negócio de todos eles -  disse o Agente de Desenvolvimento, Marcos Carneiro.

Além das oficinas, foram viabilizados ainda dois Workshops. O primeiro com o tema ‘Atendimento ao Cliente’, que abordou assuntos como tratamento e atendimento ao cliente, fidelização, pesquisa de satisfação e planejamento e o segundo sobre ‘Relações Interpessoais’, que ensinou as formas de relacionamento, inclusive entre vendedor e cliente.

Moradora do bairro Jardim Itatiaia, Michele de Souza, que é microempreendedora, conta que as oficinas, entre elas a ‘SEI COMPRAR’, ajudaram muito no desenvolvimento do seu negócio.

 - Participei das oficinas e elas contribuíram muito no desenvolvimento do meu negócio. Achei muito válido e gostaria que fossem realizadas outras, disse.

Proprietário de uma casa de materiais de construção no bairro Jardim Manchete, Jonatas Ribeiro, explica que as oficinas ajudaram muito a desenvolver na prática, o que sabia apenas na teoria.

 - Através da oficina ‘Sei Controlar o Meu Dinheiro’ aprendi na prática como fazer uma planilha, e essas e as outras informações ajudaram muito no meu negócio, contou.

Conforme lembra o diretor de Indústria e Comércio, Marcelo Toledo, todas as oficinas, tiveram em média 4 horas/aulas, foram gratuitas e aconteceram no Centro de Capacitação e Qualificação Profissional de Itatiaia.

Além de receberem informações importantes para o sucesso de seus negócios, os participantes foram certificados  ao final dos treinamentos, e esse ano nosso objetivo é viabilizar outras oficinas, finalizou.

Por Matilde Basilio
 
-- 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »