06/11/2018 às 15h57min - Atualizada em 06/11/2018 às 15h57min

Segunda etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa começa nesta quarta-feira

A segunda etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa para bovinos, eqüinos e bubalinos começa nesta quarta-feira (07). A vacinação, promovida pela Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, é gratuita e destinada aos pequenos produtores do município.A primeira etapa, que compreende a vacinação dos animais de todas as faixas etárias, aconteceu em maio e nessa segunda fase a imunização é destinada apenas aos animais de até dois anos de idade.

- Nessa quarta-feira daremos início a Campanha e aproveitamos para reforçar a importância da vacinação.É fundamental que todos se conscientizem que os rebanhos não podem deixar de ser vacinados - frisou o Secretário da pasta, João Alberto Avellar.

Até o dia 30, uma equipe da secretaria percorrerá as propriedades cadastradas para realizar a imunização dos animais. O produtor que desejar, também pode agendar a visita da equipe. Para isso é necessário ligar ou comparecer a Secretaria Habitação de Regularização Fundiária.

Atualmente Itatiaia conta com um rebanho de 3.553 mil animais distribuídos em 55 propriedades e nessa etapa a expectativa é vacinar 10% desse total,ou seja, que estão compreendidos na faixa etária de até 2 anos.

- Temos um cadastro na Secretaria com o nome e endereço dos produtores, porém aqueles que ainda não foram cadastrados poderão vim e se inscrever para receber a visita dos técnicos , disse o secretário

Segundo levantamento, nos últimos anos o município não registrou nenhum caso da doença, apresentado assim uma estabilidade sanitária.

 O que é a febre aftosa

A febre aftosa é uma doença altamente contagiosa, que atinge bovinos, bubalinos, ovinos, caprinos, suínos e alguns animais silvestres como a capivara. Ela é transmitida pelo leite, carne e saliva do animal doente, como também pela água, ar, objetos e ambientes contaminados.

A doença causa febre e aftas na boca e cascos dos animais, dificultando a alimentação e locomoção. O rebanho atingido fica com a produção de leite e carne comprometida, perdendo valor, o que causa prejuízos econômicos e sociais ao município e ao produtor.

Serviço:

Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária
Avenida dos Expedicionários, 751, Centro
Telefone: 
(24) 3352-1439  
Horário: 8h às 12 horas e de 13h30 às 17 horas

Por Matilde Basilio

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »