05/12/2018 às 16h54min - Atualizada em 05/12/2018 às 16h54min

​Alunos de Itatiaia recebem Menção Honrosa da OBMEP

Alunos da Rede Municipal de Ensino de Itatiaia receberam, neste ano, menção honrosa da OBMEP – Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas.  Deborah Samara Soares da Silva e Danilo do Nascimento Dias, da Escola Joaquim Miguel dos Santos, Giovanna Camille Henrique de Oliveira, do Colégio Municipal Ana Elisa Lisboa Gregori e João Mozarts Eugênio Carvalho, do Colégio Municipal Reinaldo Maia Souto, foram os agraciados pelo ótimo resultado nas avaliações.

A Menção Honrosa é concedida ao aluno que apresentou um desempenho memorável na avaliação, ainda que não tenha obtido uma medalha. Para preparar os alunos o Município aposta na Formação Continuada de professores, com encontros promovidos pelo implementador Dimas Moraes, desenvolvendo práticas pedagógicas em matemática e geometria, com oficinas, palestras e wokshops.

Para o secretário de Educação, Amarildo Veiga Ferri, o fato de ter alunos recebendo esta Menção mostra os avanços do ensino no município:

- Nesta última avaliação da OBMEP tivemos a alegria de ter quatro dos nossos alunos homenageados e isto significa que nossas práticas educacionais estão avançando a cada dia, pois valorizamos os encontros didáticos e troca de experiências dos professores, que enriquecem suas práticas pedagógicas. O próximo passo é termos alunos recebendo medalhas e deixo aqui meus parabéns aos nossos alunos que abriram este caminho, disse Amarildo.

O aluno do Colégio Reinaldo Maia Souto recebeu seu certificado nesta semana e os alunos da Escola Joaquim Miguel dos Santos e do Colégio Ana Elisa Lisboa Gregori devem receber seus certificados em datas ainda a serem marcadas pelas Unidades Escolares. Neste ano, 1364 alunos do município participaram da Olimpíada de Matemática.

A OBMEP e o Programa de Iniciação Científica Júnior

A OBMEP é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, que inclui a realização de provas. Ela foi criada em 2005 para estimular o estudo da matemática e identificar talentos nessa área de conhecimento. A avaliação acontece em duas fases: a primeira, feita através de uma prova objetiva, a segunda fase é discursiva. Os alunos com bom desempenho podem receber medalhas ou menção honrosa. As avaliações também são divididas em 3 níveis de dificuldade, conforme as séries em que os alunos estão cursando.

O Programa de Iniciação Científica Júnior é destinado aos alunos medalhistas, que podem receber uma bolsa de estudos, com direito a participar de fóruns e grupos de estudos de tópicos avançados em matemática, visando à formação de futuros profissionais da área tecnológica. Mas, se houver desistência de medalhistas, a vaga deixada por ele poderá ser ofertada a um aluno que recebeu Menção Honrosa.

Por Anamaria Albuquerque

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »