01/04/2019 às 16h50min - Atualizada em 01/04/2019 às 16h50min

Itatiaia é pioneira no Estado no tratamento PediaSuit na rede pública de saúde

Itatiaia deu um grande passo no tratamento de pessoas com distúrbios neurossensoriomotores. Desde o início do mês, o Centro Municipal de Fisioterapia, localizado no Centro, está desenvolvendo tratamentos através do PediaSuit.

O método, que pela primeira vez é oferecido gratuitamente no Estado do Rio de Janeiro, é uma forma inovadora de tratamento e reabilitação de crianças e adultos com doenças neurológicas que afetam as funções motoras e as funções cognitivas, como paralisia cerebral, atraso no desenvolvimento, lesões traumáticas cerebrais, autismo, entre outros. O programa intensivo e individual visa o ganho de força, funcionalidade, coordenação e equilíbrio.

Conforme explica o coordenador geral do Centro Municipal de Fisioterapia, Fábio França, o PediaSuit permitem a realização de exercícios  que ajudam na melhoria e evolução do quadro clínico dos pacientes.

 - O tratamento conta com um programa de exercícios específicos, que ajudam no desenvolvimento e crescimento, no caso das crianças e estabelece novos padrões de movimentos corretos e funcionais. É indicado para crianças de 2 a 5 anos e também para pessoas mais velhas, com patologias neurológicas, que é o 'carro chefe' do tratamento. Esse tratamento também promove uma melhora da postura, alinhamento do corpo, flexibilidade, melhoria das competências funcionais, entre outros -  conta.

O método é desenvolvido através de equipamentos e roupas específicas, entre eles  a gaiola, que ajuda no desenvolvimento da força muscular e ganho de  flexibilidade das articulações. Ele conta ainda os elásticos ajustáveis, colete, touca, shorts, joelheiras e calçados, que auxiliam no tratamento geral.

Ainda segundo o coordenador, o Centro  Municipal de Fisioterapia conta hoje com três profissionais capacitados no método PediaSuit.

- Cada módulo, ou seja, cada fase do  tratamento pelo método PediaSuit dura em média três meses e custa na faixa de 30 mil reais. Já os equipamentos que foram comprados pela Prefeitura e a capacitação dos profissionais ficaram tudo  em torno de 24 mil reais, o que foi muito bom para o município do ponto de vista econômico e do ponto de vista da saúde da população que precisa do tratamento e que não vai mais precisar se deslocar para outras cidades - frisou.

Fábio França explica também que cada sessão do tratamento dura em média 4 horas.

 - Itatiaia é a primeira cidade no Estado a oferecer gratuitamente esse tratamento na rede pública de saúde. Esse é um tratamento que exige tempo e muita dedicação. Cada sessão tem um tempo médio de quatro horas e por isso, para que possamos atender todos com qualidade estamos solicitando aos médicos da nossa rede que façam uma triagem, nos encaminhando nesse momento aquelas pessoas que mais precisam do tratamento, aqueles casos mais urgentes.Nosso objetivo é atender a todos com qualidade - disse

Atualmente o Centro Municipal de Fisioterapia, localizado na Avenida dos Expedicionários, no Centro, realiza mensalmente cerca de dois mil atendimentos.Todos são individuais e com horário previamente marcado.No Centro são realizados atendimentos em fisioterapia em traumo-ortopedia, neurológica, respiratória, reabilitação cardíaca, fisioterapia no pré e no pós-operatório, além de acupuntura e Reeducação Postural, Global (RPG).

Também há atendimentos de Fisioterapia nos bairros de Penedo, Maromba e Vila Flórida.

Por Matilde Basilio

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »