23/12/2019 às 16h52min - Atualizada em 23/12/2019 às 16h52min

Defesa Civil de Itatiaia orienta moradores sobre cuidados em dias de chuvas de verão

Com a chegada do verão,neste último domingo (22),a Defesa Civil de Itatiaia redobrou a atenção com as tempestades tão comuns nessa época do ano.De acordo com o plantão do órgão, não houve registros de ocorrências nas últimas 48 horas, porém o monitoramento tem sido constante a fim de orientar a população em caso de ocorrência de chuvas forte.

Na última quinta-feira (19), uma forte chuva atingiu o município, acarretando a cheia do Rio Santo Antônio, no Centro e uma cabeça d’água, no Rio Campo Belo,na Vila Pinheiro.O temporal também ocasionou a queda de um poste na estrada das Três Cachoeiras, na Fazendinha, em Penedo e  a inclinação de outro na Rua das Acácias, no bairro Vila Flórida.

 - Os temporais de verão são muito comuns nos primeiros meses do ano e é importante que as pessoas fiquem atentas a alguns procedimentos que podem ser tomados para minimizar danos e evitar os transtornos ocasionados pelas chuvas nessa época, como  os alagamentos, deslizamento de terras e cheias - disse o  coordenador de Defesa Civil, Valdair do Nascimento.

Conforme explica o coordenador, a instalação e a limpeza das calhas de chuva nas residências e comércios e o acondicionamento e direcionamento correto do lixo por parte dos moradores, estão entre as principais medidas de prevenção, uma vez que o acúmulo de lixo contribui para os deslizamentos de terra.

- É importante que as pessoas fiquem atentas e sigam corretamente as orientações de segurança. São diversas e entre elas está o de não desmatamento, pois tanto as  árvores, como as demais vegetações servem para conter os deslizamentos. O acúmulo de lixo também contribui  demais para os deslizamentos de terra . Em caso de dúvidas é importante que procurem orientações técnicas na Secretaria de Meio Ambiente - frisou.

Outra dica fundamental para o morador é que antes começar a fazer uma construção procure um técnico para orientar sobre a obra e regularizar a mesma junto a Secretaria de Planejamento. Em período de chuva a orientação também é de evitar fazer cortes nos barrancos e movimentações de terras. 

 - Muros com estrutura estufada podem estar relacionados à movimentação de terra e, portanto, com risco de queda.É preciso ainda que o cidadão fique atento e dê atenção quando notar trincas e rachaduras no chão e nas paredes, pois indicam problemas de estrutura e ate possivelmente um  risco de queda - frisou  o coordenador, que ainda reforçou  a importância do cidadão seguir as orientações dos agentes da Defesa Civil, caso a residência esteja notificada.

Em caso de emergências, a população  poderá acionar a Defesa Civil que fica localizada na Secretaria de Ordem Pública, junto a Rodoviária Municipal, localizada na Rua Wanderbilt Duarte de Barros, S/N, Centro.O  funcionando é de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h e o  telefone de contato 199 e (24) 3352-1151. Aos sábados, domingos e feriados o órgão pode ser acionado 24 horas através do telefone da Guarda Civil Municipal 153 ou  (24) 3352 6752.

 

Confira algumas orientações

  •   Construa somente em locais seguros sob a orientação de um técnico;
  •   Acompanhe os boletins meteorológicos;
  •   Evite fazer cortes nos barrancos e movimentação de terras;
  •   Mantenha ralos, esgotos, bueiros e valas sempre limpos;
  •   Realize a limpeza periódica das calhas e telhados;
  •   Não jogue lixo ou entulho nas encostas, bueiros, quintais, córregos e na rua;
  •   Verifique as instalações elétricas, desligue e desconecte os aparelhos elétricos, quando perceber chuvas fortes acompanhadas de raios;
  •   Verifique se existem problemas estruturais nas residências, como rachaduras e trincas e faça correção;
  •   Mantenha as portas e janelas da casa fechadas, para evitar entrada de ventos fortes;
  •   Não se proteja embaixo de árvores, pois elas podem cair e atrair raios;
  •   Não atravessar a pé ou com veículos as ruas e áreas alagadas; pode ser arriscado;
  •   Saiba onde existe um lugar seguro, para um caso de emergência;
  •   Nunca deixe crianças sozinhas.
  •   Evite sair de seu local durante as chuvas, aguarde a intensidade diminuir ou a chuva acabar;
  •  

Por Matilde Basilio

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »