29/06/2020 às 16h13min - Atualizada em 29/06/2020 às 16h13min

Licitação para nova sede do Iprevi aconteceu na manhã de hoje, na Prefeitura

Foto: Pedro Luz
A Prefeitura de Itatiaia realizou, na manhã desta segunda-feira (29) a sessão pública para a contratação de empresa especializada em engenharia visando a construção da Sede do IPREVI – Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Itatiaia. Nove empresas participaram do ato licitatório que foi realizado na modalidade de tomada de preço do tipo menor preço.

A sede administrativa do IPREVI será construída na Rua São José, nº 168, no Centro, ao lado do Fórum.
De acordo com a diretora do IPREVI, Alessandra Marques, essa será uma grande conquista para o município e vai melhorar o funcionamento da gestão previdenciária. Ela ainda relata que para a construção da sede, a Prefeitura cedeu o terreno onde será a sede.

- O instituto existe há 21 anos no município e em todos esses anos sempre pagou aluguel e suas sedes nunca atenderam às necessidades do público - alvo. Neste sentido, iniciamos um planejamento nas ações da instituição de forma a economizar os recursos da taxa de administração, para a tão sonhada sede administrativa. A partir dessa economia conseguimos alcançar o montante de R$ 2.578.374,46. No entanto, com o referido valor não conseguiríamos comprar uma área e construir, razão pela qual solicitamos ao Executivo a cessão da área onde será construída. Assim, por meio do Decreto Municipal n. 3.344 de 12 de dezembro de 2019, foi oficializada a cessão pelo período de 99 anos e agora iremos realizar esse projeto tão importante – contou a diretora. 

O projeto de construção prevê um espaço de 464 m2 e totalmente adaptado para atender pessoas com deficiências. A sede contará, de acordo com o edital, com salas setoriais, refeitório, auditório com capacidade para 60 pessoas, sala de reuniões, banheiros para uso de servidores e agentes externos, elevador, estacionamento com vagas exclusivas para idosos e pessoas com deficiência, conforme dispõe a legislação. 

Após a licitação, a próxima etapa será a análise do processo, e não havendo nenhum impedimento, a licitação segue para homologação, empenho parcial e expedição do contrato e a emissão de ordem de serviço.

Por Gabriela Ferreira
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »